Clarice Lispector- Só para Mulheres

clarice_artigo1 Graças ao clube do livro, agora estou cheia de opções, e o dificil é decidir a próxima leitura. E a pouco chegou mais 3 livrinhos que encomendei do Brasil. Entre eles, o “Só para Mulheres” de Clarice Lispector. Uma delicia de leitura, deixo aqui um pouquinho dele.

“Conselhos de sedução, moda, beleza e etiqueta, além de dicas de economia doméstica, receitas culinárias e de saúde – é isso que as leitoras encontrarão nas colunas escritas por Clarice Lispector em ‘Só para mulheres’. A coletânea dá continuidade ao resgate da obra jornalística da autora de A hora da estrela, iniciado em 2006, com Correio feminino. Organizado por Aparecida Nunes, especialista na obra da escritora, o livro reúne mais de 290 textos, produzidos nas décadas de 1950 e 1960 sob os pseudônimos de Teresa Quadros, Helen Palmer e como ghost-writer da atriz e modelo Ilka Soares, respectivamente, para os jornais Comício, Correio da Manhã e Diário da Noite.
Um convite ao leitor a descobrir um aspecto pouco conhecido e surpreendente de Clarice Lispector. Usando pseudônimos, ela escrevia para colunas femininas de periódicos famosos: Tereza Quadros no Comício, Helen Palmer no Correio da Manhã e Ilka Soares no Diário da Noite. Através delas, Clarice abordou questões relacionadas a beleza, amor, maternidade e vida doméstica. Nesse livro divertido e prático, um verdadeiro almanaque das décadas de 50 e 60, a escritora nos mostra que, apesar das conquistas da mulher, a essência feminina permanece a mesma, em qualquer época.”
Da sinopse do livro.

“Sejam vocês mesmas! Estudem cuidadosamente o que há de positivo ou negativo na sua pessoa e tirem partido disso. A mulher inteligente tira partido até dos pontos negativos. Uma boca demasiadamente rasgada, uns olhos pequenos, um nariz não muito correto podem servir para marcar o seu tipo e torná-lo mais atraente.
Desde que seja seu mesmo.” (Helen Palmer)

“Seu andar…
Ao andar, mantenha a cabeça erguida, os ombros nivelados, para trás, ventre encolhido. Evite dar passos muito largos ou muito curtos. Os pés para frente. Evite andar com as pernas duras ou afastadas. Ao pisar, pouse primeiro o calcanhar sobre o solo. Um porte elegante é importatíssimo para uma mulher que deseja ser bonita.” (pág – 142)

“O cantinho alegre,
A beleza de uma casa está nos detalhes. Há donas de casa que têm o dom de criar “cantinhos”. É como se elas desdobrassem a própria personalidade e espalhassem graça. Olham uma parede vazia – e daí a pouco a imaginação começa a trabalhar, a “encher” aquele trecho inexpressivo da casa.Em breve temos o que passa a ser “um cantinho”. Essa parede alegre, por exemplo, pode ser na cozinha, no banheiro, ou no quarto. Pode-se fazer uma parede “viver”- sem usar quadros propriamente ditos. Objetos bem distrivuidos também são pictóricos.” ( pag. 16).

About these ads

  1. OiYes

    Só de ler o post já me deu vontade de ler mais do livro… Muito bom ler Clarice Lispector, leitura fácil, não cansa, não dá vontade de parar.

  2. Ana Cláudia Mattos

    Achei curiosíssimo esse lado de Clarice.

    Nada que já li, me marcou tanto como o livro: “Uma Aprendizagem ou o Livro dos Prazeres” dessa escritora fantástica.
    O mundo mudou completamente para mim depois de ler esse livro maravilhoso!
    Recomendo!

  3. Mariana

    Sinceramente achei este livro UM HORROR, pobre inclusive literariamente, uma surpresa na obra da minha escritora predileta, Clarice, a das profundezas… Superficial, aprofundando, aí sim, o estigma de que mulher só pensa em tolices, para se destacar no olhar do Outro. Só não joguei fora por ser Clarice e porque a edição é muito boa, caprichosa.
    Aliás, estes são novos anos de Clarice, circulam textos na internet, um tal MUDE outro AME, que ninguém me conta a procedência, “poesias” (?!) da Clarice Lispector, muito estranho, muito mesmo… Nem o estilo identifico, mas como a Deusa até escreveu “conselhos femininos”…

  4. Clarissa Mattos

    Oi Lara, fiquei curiosa. Você ficou decepcionada com esse livro em particular ou cos textos em geral? Um abraço e obrigada pela sua visita e comentário.

  5. Aline

    Por essas e outras que acho necessário conhecer não somente a obra da autora, que ao contrário do que foi dito num comentário anterior, não é nada fácil de entender, cheia de elementos escondidos e frases não ditas, mas também a vida da autora.
    Ela escreveu essas colunas “fúteis” para mulheres por necessidade financeira depois de se separar do marido. Mas lógico, demonstram a mulher chique, bem disciplinada em seus hábitos domésticos, dona de casa e mulher de sociedade sublime que era.
    Como disse o sábio ET Bilu: BUSQUEM CONHECIMENTO!

  6. Claudia M Vieira

    Oi pessoal.. Eu estava aqui escrevendo meuartigo pro site sairdobrasil.com.br, quando ao procurar algo para me inspirar encontrei vcs.. Por acaso eu jamorei na Holanda mas agora moro em Londres. sou advogada e infelizmente eu assisto a parte ruim de ser mulher algumas vezes .. E é sobre isto que vou escrever hj..a discriminação da milher brasileira no exterior.. Mas tambem vou falar que apesar de….. somos lindas , mesmo lindas porque somos nós mesmas. Muito Obrigada por este blog tçao legal.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s