Uma bailandesa em Utrecht

joao-ubaldo

Um Brasileiro em Berlim

Foi num almoço na casa de uma amiga que ele chegou até as minhas mãos. Assim num gesto quase banal, como a leveza e simplicidade das palavras do autor. Se já lia João Ubaldo nas crônicas de domingo no Jornal O Globo e já havia me encantado com  Viva o Povo Brasileiro, O Sorriso do lagarto e tantos outros, agora, mais do que nunca, ele me conquistou.

 

Além de conterrâneo, ele também passou as agruras e as doces delícias de ser imigrante numa terra onde se fala uma língua endiabrada, capaz de dar nó em qualquer amígdala.  Por isso, ler vorazmente “Um Brasileiro em Berlim” foi como andar de braço dado com o autor, compartilhando as nossas experiências de expatriados.

O ridículo analfabetismo incapacitante, asensação de invisibilade, ao não ser olhado, encarado e revistado com os olhos como no Brasil, o espanto diante da naturalidade e falta de malícia em relação à nudez. Está tudo lá, nas rápidas e irresistíveis crônicas.

O livro foi lançado em 1995 e relata de forma bem-humorada as peripécias do autor durante a sua estadia na Alemanha, quando viajou a convite do DAAD (Deutscher Akademische Austauschdienst), entidade alemã responsável por intercambio acadêmico.

Recomendo. Leitura perfeita e ultrarápida para dias atribulados e com muito pouco tempo disponível para o prazer de ler.

Editora: Nova Fronteira
ISBN: 8520918670
Número de páginas: 192

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s