Saudade e Poesia

A saudade e’ tema do ultimo post no Bailandesa e falando em saudade, lembrei de Fernando Pessoa.  Conversa vai, lembranca vem, pensei em Portugal. Portugal lembra fado e fado e’ sinonimo de Mariza.  E assim nasceu um post muito mais para sentir do que pra ler. Aproveitem.

Há uma musica do Povo
Nem sei dizer se é um Fado
Que ouvindo-a há um ritmo novo
No ser que tenho guardado…
Ouvindo-a sou quem seria
Se desejar fosse ser…
É uma simples melodia
Das que se aprendem a viver…
Mas é tão consoladora
A vaga e triste canção…
Que a minha alma já não chora
Nem eu tenho coração…
Sou uma emoção estrangeira,
Um erro de sonho ido…
Canto de qualquer maneira
E acabo com um sentido!

fernando pessoa

Anúncios

  1. Pingback: Bailandesa.nl - » Saudades Camufladas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s