Incômodas flores azuis

Incômodo. Isso foi o que senti lendo as últimas páginas de Flores Azuis de Carola Saavedra nesta manhã. Isso quer dizer que não tenha gostado do livro? Negativo. Sentir-se desconfortável com algo não significa necessariamente não gostar, mas sentir-se  tocada de alguma forma.

cialetras_floresazuisMarcos é um  recém-separado que, no meio de caixas de mudança, rancor da ex-mulher e a dificuldade em se comunicar com a filha de 4 anos, começa a receber cartas aparentemente destinadas ao antigo morador. Essas são cartas de amor, escritas por uma mulher abandonada que insiste em reviver e recontar os últimos momentos e emoções do final da relação. São nove cartas e nove dias. Neste intervalo de tempo, a vida dele e sua relação com família, trabalho e com o mundo  são  completamente afetadas pela crescente intensidade das cartas.

Incômodo I : Perdão incondicional

Mas voltando ao incômodo. A., a misteriosa autora das cartas, personifica a entrega total, o perdão  incondional, um exagero de um amor impossível. E sim, isso incomoda. Vê-la humilhar-se, pedir, insistir é angustiante. Ao mesmo tempo, a história instiga. Queremos saber mais e mais. É evidente que algo aconteceu e está para acontecer. Assim como Marcos, o leitor é fisgado pelas cartas de A. e quer ir cada vez mais  fundo na história da anônima remetente.

Incômodo II: O espelho do universo feminino

Já Marcos incomoda porque ele revela com uma precisão constrangedora o lado mais desagradável do universo feminino. Nós, leitoras nos percebemos tanto em tantas das atitudes que Marcos mais odeia nas mulheres que o cercam. Ele, por seu lado, não as entende, sente-se pressionado por elas e não consegue se conectar com nenhuma delas.

Incômodo III: Projeção da dor

Por fim, histórias de abandono e rejeição sempre carregam dor e angústia e A.faz da dor uma projeção cristalina. É impossível não evocar as suas próprias histórias e dores de amor. E sim, isso incomoda.

Assista abaixo Carol Saavedra falando sobre o livro e lendo alguns trechos:

Leia aqui uma entrevista com Carola Saavedra.

Título:Flores Azuis

Autores:Carola Saavedra

Editora:Compainha das Letras

ISBN:8535913041

Anúncios

  1. Simone

    Adoro esse assunto. É interessante as diferentes maneiras que as pessoas tratam seus sentimentos extremos, principalmente quando esse sentimento é platonico. Fiquei com vontade de ler também.

  2. Carla Monique

    Fantástico.

    Terminei de ler na madrugada de uma segunda-feira, tão intenso, impossível deixar o mistério para o fim do dia seguinte.

    Viciada como o Marcos, me enxergando como A.

    Comecei a semana meio atordoada.

    Mas não há outra palavra para descrever que não ‘Fantástico’.

    Essa menina me surpreendeu.

  3. Bailandesa

    Oi Carla, também fiquei grudada. Superintenso. Também fiquei surpresa, num ótimo sentdo, com a Carola Saavedra.
    Obrigada pela visita e pelo comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s