CHICO XAVIER – O LIVRO, O FILME, O HOMEM

Anos atras li o livro de Marcelo Souto Maior sobre a vida de Chico Xavier e gostei. Agora, em visita ao Brasil, tive a oportunidade de assistir o filme que estreou em todos os cinemas no dia 2 de abril, data do centenario de Chico Xavier que morreu em 2002 aos 92 anos.  O filme, baseado no livro, usa como pano de fundo o programa Pinga Fogo exibido na decada de 70 onde Chico foi sabatinado por 3 horas.  Sem nenhum apelo religioso o filme mostra a vida simples, sofrida e nobre deste senhor tao conhecido, respeitado e admirado pelo povo brasileiro (ate mesmo pessoas de outras religioes reconhecem o valor de Chico Xavier). Claro que o filme tambem sera alvo de muitas criticas, mas a vida de um homem como Chico nao pode ser resumida em 2:30 de filme (a nao ser que fosse criada uma serie). Daniel Filho tentou mostrar os fatos mais importantes e marcantes da vida de Chico para que uma pessoa que nao tem muito conhecimento sobre a vida dele possa fazer as conexoes. Ja ouvi comentario do tipo: o filme mostra muita pobreza – alooooo, o filme mostra a vida REAL de um homem que viveu para fazer o bem e nunca se aproveitou financeiramente disto. Bom, tambem comprei o livro sobre as filmagens e tudo que aconteceu enquanto tentavam reconstruir a vida do Chico nos minimos detalhes. O livro conta passagens interessantes e emocionantes. Tem um trecho que vou transcrever aqui. “Daniel Filho sempre cumpre o mesmo ritual no primeiro dia de filmagens de seus longas-metragens: reune elenco e equipe tecnica no set e pede para formarem uma roda. E o momento da largada. Hora de motivar o grupo e preparer o terreno para o que vem pela frente: trabalho duro. No dia da primeira locacao do filme, cerca de cem pessoas entre elenco e equipe tecnica, rodeiam o diretor e dao as maos a pedido dele.

       – Peco um minuto de reflexao a todos voces – Daniel inicia seus discurso de arrancada no centro da roda.

        -Todos sabem que sou ateu. Por isso mesmo, me sinto muito a vontade para encarar este desafio. Vamos contar a historia de um homem especial, amado por milhoes de pessoas. E uma grande responsabilidade esta que vamos assumir juntos, pois ha muitos terrestres nos acompanhando a partir de agora e, para quem acredita, muitos do outro lado tambem…

            Tres integrantes da roda fazem o sinal da cruz.

        – Peco que cada um pense positivamente, por um minuto, no trabalho que vamos realizar. Em silencio, cada um com a sua crenca”

          Ainda no Brasil uma amiga me perguntou (muitos irao fazer a mesma pergunta) sobre uma parte do filme onde ele demonstra claramente o seu medo de morrer por causa de uma turbulencia no aviao em que  viajava (Chico adorava contar esta historia e ria muito disto). A pergunta fatal e: mas se ele acreditava em vida apos a morte porque sentiu medo? Sobre isto minha opiniao e a seguinte: se voce esta neste mundo voce e humano e como todo humano sente medo, receios, duvidas e tudo que um humano sente, mesmo conhecendo parte dos misterios que existem entrte o ceu e a terra…querem um exemplo? Voces reconhecem estas frases? Afasta de mim este calice e Senhor porque me abandonaste? Pois e, ele tambem sentiu medo e teve duvidas. Para mim o filme foi envolvente,contagiante e muuuito REAL, gostei e me emocionei. Para terminar este post deixo aqui uma das frases do Chico.

Se Allan Kardec tivesse escrito que “Fora do Espiritismo nao ha salvacao”, eu teria ido por outro caminho. Gracas a Deus ele escreveu “Fora da Caridade, ou seja, do Amor nao ha salvacao.

 

(Chico Xavier)

 

 

Anúncios

  1. vaneden

    Ju,
    Estranhamente tenho passado muito do meu tempo a pensar sobre isso e creio que em todos os sentidos que a vida tem, nao ha outra saida que nao a salvacao atraves do amor. TUDO, mas TUDO mesmo que fazemos com amor tem um resultado final muito melhor do que qualquer outra forma.
    Belo post e me deu muita vontade de ver o filme.
    Beijos
    Norma

  2. Fernanda

    Como espírita, fiquei feliz em poder ler a biografia sobre a vida do Chico Xavier e espero em breve poder assistir também o filme. A biografia não é assim um primor da literatura brasileira, assim como não estou esperando nenhuma excelência do mundo cinematográfico do filme.
    A meu ver, o livro é um sucesso de vendas e emociona tanto os leitores não pela qualidade e técnica usadas pelo escritor-jornalista, mas sim, pelo conteúdo, baseado na história de um homem que, apesar de parecer, não é ficção! Ele existiu e vivenciou tudo aquilo contado no livro.
    Quanto ao filme, já sei que é um recorde de audiências no Brasil, e acredito que pelo mesmo motivo do livro: o personagem.
    Essa frase última que você colocou do Chico é uma das mais significantes ditas por ele. Ela resume e explica porque ele viveu da maneira que viveu e ressalta que o Espiritismo não é, nunca foi e nunca será uma religião.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s