Marcado: Erotismo

Drummond ao Natural

O amor natural

O amor natural

Tem certas coisas da nossa terra que a gente vem descobrir na terra dos outros. Não que eu não conhecesse Carlos Drummond de Andrade, mas, suas poesias eróticas, vim a conhecer  aqui na Holanda.  Vi o livro na casa de uma amiga e me encantei. Não sosseguei até comprá-lo. É um livro bilíngue do famoso tradutor de literatura brasileira, August Willemsen. Ele fez um primoroso trabalho e traduziu para o holandês as 40 poesias do lado erótico e até então secreto do poeta.

Drummond escreveu essas poesias quando já passava dos 80 anos. O que impressiona é a vitalidade escondida atrás dos óculos e do  tímido semblante de um dos mais talentosos funcionários públicos que o país já teve. Os textos são explícitos, mas nunca vulgares. A sensualidade e erotismo caminham lado a lado com a delicadeza e à vezes o humor. Tudo isso alinhavado com a riqueza da língua, explorada pelo talento único do poeta. Um exemplo:

Continuar lendo

Anúncios